quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Eu e o meu Bloco de Notas ... #2

Ela acorda do seu conto de fadas e vê que sua vida é muito mais cinza do que pudesse imaginar. Vê que o mundo não é cor de rosas.
Vê que tudo poderia ser diferente, mas também não vê perspectiva de mudança próxima.
Sua vida é um joguinho nas mãos de outros, queridos outros. Tão queridos que ela não consegue se rebelar.
Mãos e pés atados, até a página 2.
Sua vontade de viver e ser feliz superam qualquer vontadezinha de mergulhar no mar da depressão.
Sente que tem asas, embora nunca tenha voado. Tem opinião.
Não é feita de pedra, ignorando comentários que martelam em sua mente.
Os obstáculos lhe fizeram forte. E essa é a única certeza que ela realmente enxerga agora.

4 comentários:

Felipe disse...

Então ela não está atada. Ledo engano... ela irá prosseguir.

ŧħāłěś? xD disse...

Mas você dá continuação às histórias, não é? Beijos!

Quero ler!

Amanda Hora disse...

Thales, eu ñ havia pensado em continuação... quem sabe rs
Bj!

Suellen Analia disse...

Concordo com o Felipe.
Siga em frente.
Beijos, Amanda.